https://imgur.com/ZIwdItP.gif

★ SE JÁ FOI RUIM, PODE SER PIOR - Segunda onda da Covid-19 pode encontrar país ainda mais vulnerável, alertam especialistas

Foto: (Reprodução) /Boate lotada, em 10 de outubro, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio Foto: Alexandre Cassiano/10.10.2020 / Agência O Globo

Motivos de apreensão são prefeitos que relutam em considerar a volta de medidas de isolamento; sistemas de notificação de dados com problemas; e municípios com leitos desmobilizados...


RIO E SAO PAULO - Diante de evidências de que a tendência de queda nos números da Covid-19 no Brasil se reverteu, especialistas temem que uma segunda onda de casos chegue num momento em que o país está mais vulnerável do que na primeira onda.


Médicos destacam alguns motivos de apreensão: 

  • prefeitos (e candidatos ao cargo) que relutam em considerar a volta de medidas de isolamento; 
  • sistemas de notificação de dados com problemas; 
  • e municípios com leitos dedicados a acolher doentes desmobilizados.  


Parte do receio vem de exemplos do que está ocorrendo na Europa e nos EUA, onde uma segunda onda obrigou vários governos a fechar economias que já estavam reabertas.  


Nas classes sociais mais altas, há sinal claro de reversão da tendência de queda. A rede de laboratórios clínicos Dasa, a maior do país, revelou ontem que houve aumento nos casos positivos da Covid-19, de 18,9% em outubro para 27,4% no início de novembro.


Ainda que exclua os dados da rede pública, o sinal é preocupante, sobretudo porque a demanda por testes diagnósticos também aumentou. 

“A média móvel na procura por exames cresceu 50% no RJ e 30% em SP, entre 10 de outubro e 10 de novembro”, 

informou a empresa, que tem 900 unidades laboratoriais espalhadas no país.


Fonte: R7 Saúde  


Esta matéria é em oferecimento de:


FOLHA DE CATALÃO - A NOTÍCIA DE FORMA DIRETA

 

Tags
Reações

Postar um comentário

[blogger]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget