Últimas Notícias

Foto: Reprodução /Congestionamento de carros em avenida de Goiânia 


Prazo foi prorrogado em março devido à pandemia da Covid-19. Demais datas seguem sem alteração...


O pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para os veículos com placas que tenham finais de 1 a 6 termina nesta quinta-feira (6), em Goiás. O prazo já tinha sido prorrogado em março devido à queda na renda de famílias devido à pandemia de coronavírus, que provocou o fechamento do comércio. 

Mais de 1,3 milhão de contribuintes têm veículos com placas entre 1 e 6. Entretanto, a Secretaria de Economia informou que é necessário aguardar o fim do prazo de pagamento para definir quantas pessoas já fizeram a quitação e quantas ainda estarão em débito. 

Os prazos para o pagamento do IPVA para as demais placas que terminam entre 7 e 0, seguem os mesmos (veja calendário abaixo). 

Os boletos devem ser emitidos no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) ou pelo aplicativo Detran GO. As guias de pagamento não são mais enviadas pelos Correios. 

Após a quitação do débito, os contribuintes também devem emitir o documento de registro e licenciamento online. Para receber o certificado em casa, é preciso fazer a solicitação exclusivamente pelo aplicativo, pagando um boleto gerado em uma área específica.



Fonte: G1 Goiás


Está matéria é em oferecimento.



Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução /Teste de coronavírus em Goiás


Dados registrados nestes cinco primeiros dias também mostram que houve um aumento de 39% no registro de mortes se comparado ao mesmo período do mês passado. Pesquisador acredita que pico será na 2ª quinzena de agosto...


Agosto começou com 170% mais casos confirmados de coronavírus do que o registrado nos cinco primeiros dias de julho. Os dados referentes às mortes também subiram 39%. De acordo com o balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta quarta-feira (5), o estado tem 77.022 pessoas contaminadas e 1.830 mortos, desde o início da pandemia. 

Apenas nestes cinco dias de agosto, Goiás contabilizou 7.343 casos confirmados contra 2.718 registrados de 1º a 5 de julho. Foram 139 mortes notificadas em agosto, enquanto 100 pessoas morreram nos primeiros cinco dias do mês anterior. 

Em 24 horas, o estado registrou 3.337 novos casos confirmados e 39 mortes causados pelo novo vírus. Até o momento, a SES informa que 68.673 pessoas se curaram da doença. A fila de casos suspeitos tem 139.615 moradores, que esperam resultado de exames.

Pico da Covid-19 

Em meados de julho, o secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, havia dito que Goiás enfrentaria o pico da doença na última semana daquele mês, entre os dias 22 a 28. 

Professor e pesquisador da Universidade Federal de Goiás (UFG), Thiago Rangel confirma que os dados das antigas notas técnicas apontavam para altos registros em julho. Porém, de acordo com as informações recentes, o pico foi atualizado para a segunda quinzena de agosto. 

"Não me parece que o pico foi em julho. Os dados mostram um crescimento exponencial. É muito difícil apontar a data exata. A gente só vai saber que o pico aconteceu quando ele passar. Para isso, precisamos ter 14 dias contínuos de decréscimo nos números de casos confirmados e mortes", esclarece Rangel.

Transmissão no transporte coletivo 

A explicação para o aumento de pessoas infectadas está no baixo índice de isolamento social, que recebeu contribuição da reabertura do comércio ao longo de julho. No último dia 27, o governador do estado, Ronaldo Caiado (DEM), decretou a prorrogação 
“por tempo indeterminado” 
do período de funcionamento do comércio em Goiás. A medida segue uma nota técnica da SES, que recomenda a manutenção das atividades econômicas e fiscalização rigorosa dos protocolos sanitários. 

Com a abertura do comércio, mais pessoas utilizam o transporte público para se locomover, onde há grande chance de transmissão do coronavírus, como explica o professor Thiago Rangel. 
"Os protocolos de segurança adotados pelos comércios são importantes, mas não mais importantes que a transmissão que ocorre no transporte público, que não garante segurança às pessoas. O problema nunca foi o comércio, mas as aglomerações, principalmente quando se coloca 50 pessoas viajando por horas dentro de um ônibus. É claro que vai ter transmissão", explicou Rangel. 

Em nota, a CMTC disse que, como órgão gestor do sistema metropolitano de Goiânia, 
"desconhece qualquer estudo que corrobore esta afirmação de que o aumento de casos de contágio tenha origem no transporte coletivo. Inclusive, os funcionários do sistema contaminados, conforme pesquisas internas, não adquiriram o vírus pelo sistema". 
O G1 procurou a SES para que avaliasse os motivos do aumento dos casos em agosto e aguarda retorno.

Evolução dos casos 


  • No dia 12 de março, o governo registrou os três primeiros casos de Covid-19 em Goiás; 
  • Em 6 de maio, Goiás ultrapassou 1 mil casos confirmados e atingiu 45 mortes; 
  • Em 15 de junho, o estado contabilizou 10 mil casos de coronavírus e 226 mortes; 
  • Entre 1º e 30 de junho, o estado registrou 84% dos casos de coronavírus desde o início da pandemia, em março; 
  • Goiás registrou três vezes mais mortes na primeira quinzena de julho em relação ao mesmo período de junho. Os números saltaram de 99, em junho, para 406, em julho. 
  • A marca de 1 mil mortes foi registrada em 16 de julho. 
  • Em 19 de julho, devido a uma instabilidade no sistema de notificação, houve redução de 17 casos nos números de infectados; 
  • Um recorde nos números de casos confirmados foi registrado em 22 de julho, com 3.526 notificações em 24 horas. 
  • Em 23 de julho, Goiás atingiu os 50 mil casos e registrou um recorde de mortes, com 102 registros em 24 horas. 
  • Goiás ultrapassa 58 mil casos e registra 1,4 mil mortes no dia 27 de julho. 
  • Goiás registra em julho média de 1,3 mil casos confirmados de coronavírus por dia. 
  • No dia 2 de agosto, Goiás ultrapassou a marca de 70 mil casos da doença.

Ocupação dos leitos de UTI A rede pública estadual de saúde tem 267 leitos de UTI exclusivos para Covid-19. A taxa de ocupação está em 83,6%. Na enfermaria, o índice é de 74,6%, nesta quarta-feira. 

Já na rede municipal de Goiânia, dos 169 leitos de UTI disponíveis, 82,4% estão ocupados. Na enfermaria, o índice é de 84,1% de ocupação.

Fonte: G1 Goiás


Está matéria é em oferecimento.




Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução /Starship passou por testes de lançamentos no Texas, nos EUA Reprodução Twitter/SpaceX


O Starship foi submetido a uma simulação de lançamento, no Texas, nos EUA, que durou menos de 1 minuto até retornar ao solo novamente...

Após realizar sua primeira missão tripulada ao espaço com a cápsula Crew Dragon, a SpaceX, empresa espacial do bilionário Elon Musk, realizou, na terça-feira (4), um teste de lançamento, no Texas, nos EUA, do protótipo da espaçonave Starship, que está sendo projetada para para ir até Lua e até para Marte.  

As imagens do teste mostram o lançamento da Starship, que voa por cerca de 40 segundos até atingir uma altura de cerca de 150 metros, e retorna em segurança até toca o solo ainda na posição vertical.

Vídeo: Reprodução /youtube

Uma das características dos projetos da SpaceX é permitir o uso de equipamentos por mais de uma vez e, assim, diminuir os custos das missões. Esse é um diferencial do foguete Falcon 9, por exemplo, que usa propulsores que retornam à Terra sozinhos após o lançamento.  

Está nos planos de Musk realizar também voos comerciais para levar pessoas comum ao espaço a bordo da Starship. Em 2018, o empresário japonês Yasuka Maezawa foi anunciado como o primeiro da fila para embarcar para a Lua com a SpaceX.




Está matéria é em oferecimento



Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução 


Ocorrência estaria atrelada ao fato de que o número de pessoas que passaram a trabalhar em casa nesse período praticamente dobrou...


Um relatório divulgado pela Netskope, empresa norte-americana de softwares, na terça-feira (4), aponta que houve um aumento de 161% nas visitas a sites e a aplicativos de alto risco no período de 1º janeiro a 30 junho deste ano. Entre os principais deles, estão os sites de conteúdo adulto, cujo tráfego cresceu em 600%.  

A ocorrência estaria atrelada ao fato de que o número de trabalhadores remotos, e consequentemente, o uso pessoal de dispositivos, praticamente dobrou devido a pandemia da covid-19, chegando a 97%.  
"A mudança abrupta para o trabalho remoto em 2020 provocou uma onda de choque nas organizações, pois as pessoas vivenciam uma mistura entre trabalho e vida pessoal como nunca ocorreu antes", diz Ray Canzanese, diretor de pesquisa de ameaças da Netskope.  

Em paralelo ao deslocamento do local de trabalho, a Netskope destaca que houve um aumento de 80% no uso de aplicativos de colaboração, visto que os funcionários remotos buscam permanecer conectados com seus colegas. Nas grandes empresas, o número total de aplicativos em nuvens usados aumentou para mais de 7 mil, em média.  

Durante o levantamento, a NetsKope descobriu também que 7% dos usuários carregaram dados corporativos confidenciais para instâncias pessoais de apps em nuvem. O uso de informações sigilosas dessa maneira coloca em risco a empresa e aumenta os riscos de roubos de informações.   

Cazanese destaca também que é fundamental que as organizações garantam acesso seguro à nuvem e à web por meio de métodos como uma autenticação forte e controles de acesso, proteção de ameaças e de dados, acesso de rede zero trust a aplicativos privados em data centers e serviços de nuvem pública.  

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques


Fonte: R7 Tecnologia e Ciência


Está matéria é em oferecimento



Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução


O recurso, aprovado pelos senadores, é uma contribuição social destinada ao financiamento de programas e projetos voltados a educação básica...


O plenário do Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (5) o projeto de lei 2.906, que permite o uso dos recursos do salário-educação para o pagamento de professores durante a pandemia do novo coronavírus.

O texto, que funciona em caráter excepcional, foi aprovado em votação simbólica e será encaminhado para a Câmara dos Deputados.

A proposta altera o artigo 7º da Lei 9.766, de 1998, para excluir essa proibição do pagamento de funcionários com os recursos vindos do salário-educação. O projeto credita a alteração dessa norma enquanto valer o decreto de calamidade pública em decorrência da covid-19.

O salário-educação é uma contribuição social destinada ao financiamento de programas e projetos voltados a educação básica. Esses recursos são repartidos em cotas, sendo os entes federativas destinatários desses valores.

A proposta é de autoria do senador Dário Berger (MDB-SC).  

*Com informações da Agência Senado


Fonte: R7 Política  


Está matéria é em oferecimento



Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução


Projeto prevê pagamento de R$ 600 em auxílio a esses trabalhadores, além de de R$ 2,5 mil para fomento emergencial de inclusão produtiva rural...


O Senado aprovou nesta quarta-feira (5) o projeto que prevê auxílio emergencial para agricultura familiar. O Projeto de Lei 735/2020e destina socorro financeiro em razão da pandemia e prorroga o pagamento de dívidas dos agricultores. A matéria vai à sanção presidencial.

O projeto traz, entre seus principais dispositivos, a previsão do pagamento de cinco parcelas de R$ 600 a título de auxílio aos agricultores familiares. Além disso, o projeto também prevê um fomento emergencial de inclusão produtiva rural, um pagamento de R$ 2,5 mil, em parcela única, por unidade familiar. Para a mulher agricultora familiar, a transferência será de R$ 3 mil.  

O auxílio de R$ 600 só será pago àqueles que não tenham sido beneficiados pelo auxílio emergencial do governo. O agricultor familiar não pode ter emprego formal, nem receber outro benefício previdenciário, exceto Bolsa Família ou seguro-defeso, e deve ter renda familiar de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar total de até três salários mínimos.

Outro ponto do projeto concede o auxílio Garantia-Safra, automaticamente, a todos os agricultores familiares aptos a receber o benefício durante o período de calamidade pública, condicionado à apresentação de laudo técnico de vistoria municipal comprovando a perda de safra. O Garantia-Safra assegura ao agricultor familiar o recebimento de um auxílio pecuniário, por tempo determinado, caso perca sua safra em razão de seca ou excesso de chuvas.  

O texto também institui linhas de crédito rural no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Podem se beneficiar das medidas agricultores com renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Outro ponto do projeto concede o auxílio Garantia-Safra, automaticamente, a todos os agricultores familiares aptos a receber o benefício durante o período de calamidade pública, condicionado à apresentação de laudo técnico de vistoria municipal comprovando a perda de safra. O Garantia-Safra assegura ao agricultor familiar o recebimento de um auxílio pecuniário, por tempo determinado, caso perca sua safra em razão de seca ou excesso de chuvas.  

O texto também institui linhas de crédito rural no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Podem se beneficiar das medidas agricultores com renda familiar mensal de até três salários mínimos.


Fonte: R7 Política 


Está notícia é em oferecimento.



Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução


Leonardo Badalamenti circulava na Itália com identidade falsa de cidadão brasileiro, de nome Carlos Massetti, e se apresentava como um empresário...



Leonardo Badalamenti, filho do histórico chefe da máfia siciliana Cosa Nostra, Gaetano "Tano" Badalementi, foi preso nesta quarta-feira (5) na Itália, em execução a uma ordem internacional de prisão emitida pelo Brasil, sob a acusação de associação criminosa e tráfico de drogas.  

De acordo com as informações preliminares, Leonardo foi encontrado pela polícia na casa da mãe, em Castellamare del Golfo, comuna localizada na província de Trapani, na Sicília.  

O filho do Tano Badalementi, liderança da Cosa Nostra nos anos 70, circulava na Itália com identidade falsa de cidadão brasileiro, de nome Carlos Massetti, e se apresentava como um empresário.  

Procurado desde 2017 pelas autoridades do Brasil, Leonardo chegou ao país escapando das guerras internas do grupo criminoso. Em 2009, chegou a ser preso pelos Carabineros, uma das forças de segurança da Itália, durante uma operação contra a máfia siciliana.  

Na ocasião, detido junto com outras 19 pessoas, foi acusado de associação do tipo mafiosa, corrupção, fraude e transferência irregular de valores.  

Leonardo Badalamenti também chegou a ser investigado por uma série de golpes contra diferentes instituições financeiras. Entre 2003 e 2004, foi acusado de negociar títulos da dívida pública na Venezuela, em aliança com um funcionário do Banco Central do país.  

Além disso, também foi apontado como envolvido com uma tentativa de fraudar alguns dos bancos de investimento mais importantes do mundo, como o Hong Kong Shanghai Bank, Lehman Brothers e HSBC.  

Enquanto acontecem os trâmites de extradição, o filho de Tano Badalementi foi encaminhado para uma prisão em Palermo, segundo a imprensa italiana.

Fonte: R7 Notícia   




Está matéria é em oferecimento.




Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução /V9 Vitoriosa


Jogo da final do Troféu Inconfidência é cancelado após 9 jogadores do Uberlândia confirmarem Covid-19...


Foi cancelada na manhã desta quarta-feira, 05, a partida final entre Cruzeiro e Uberlândia Esporte Clube, na grande final do Troféu Inconfidência. Na noite desta terça-feira, 4, o Verdão confirmou nove jogadores com o novo coronavírus. 

A Diretoria de Competições (DCO) da Federação Mineira de Futebol (FMF), levou em conta este número considerável, que chega a 13 contaminados, considerando outros membros do Clube.  Quatro jogadores já haviam recebido o resultado positivo para Covid-19 antes do jogo contra o Villa Nova: os atacantes Breninho e Dija Baiano, o volante Luiz Alexandre e o goleiro Alex. Além, deles, o diretor de futebol Fabrício Tavares, e o roupeiro Paulo Edson também confirmaram.  

Agora, às vésperas da finalíssima, outros cinco receberam testes com resultado positivo, na noite de ontem: os zagueiros Rogério, Plínio e Zé Vitor, o meia Clebinho e o volante Érick. Também estão contaminados o massoterapeuta João Luis, e o fotógrafo Giovanni Mendes.  

A decisão contra a Raposa estava marcada para esta quarta-feira, 5, às 19h, no Mineirão. O time de Uberlândia já estava concentrado na capital mineira. Os jogadores com Covid-19 retornaram para Uberlândia para fazer a quarentena.  

Pela manhã o presidente do Uberlândia, Flávio Gomide, havia informado em vídeo divulgado nas redes sociais do time que decidiu convocar atletas da base alviverde para compor o elenco e confirmou a partida diante do Cruzeiro.  

As demais partidas agendadas para hoje (Tombense X Caldense e América X Atlético), válidas pelas semifinais do Campeonato Mineiro SICOOB 2020, estão mantidas, já que as equipes envolvidas apresentaram 100% dos exames (RT-PCR) negativos.

Foto: Reprodução /V9 Vitoriosa


Foto: Reprodução /V9 Vitoriosa


Fonte: V9 Vitoriosa        


Está notícia é em oferecimento.     




Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução

Vereador e presidente da Câmara Helson Barbosa Caçula, destinados aos Bairros Conquistas, Paineiras e Parque dos Buritis e Santo Antônio do Rio Verde...



Na última sessão da Câmara Municipal de Catalão, Vereador e Presidente da Câmara Helson Barbosa Caçula, apresentou os seus três requerimentos.

A total revitalização do Bairro Conquista: 
  • Iluminação; 
  • Asfaltos; 
  • Limpeza; 
  • Mato muito alto; 
  • Transporte urbano (Coletivo);
  • Dentre outros.

"Embora que três ou quatro vereadores fizeram o mesmo, Paulinho fico satisfeito que venho aqui agora como parte da oposição, mas, vi três vereadores da base do prefeito fazendo o mesmo. Temos que olhar com muito cuidado" Enfatizou Caçula.

"Reformar da pista de caminha localizada no Bairro Paineiras e reforma do Parque dos Buritis, realizar melhorias na infraestrutura do bairro." Pontuou o Vereador.

"Requerimento para perfuração de poços artesianos no Distrito de Santo Antônio do Rio Verde, e construção de mais reservatórios. constantemente estamos recebendo reclamações oriundas daquela população, por que esta ficando sem água, durante o dia tem o funcionário que atende e durante a noite ficam sem atendimento. O mínimo que pode ser feito é perfuração de mais poços e construção mais reservatórios, a população aumentou muito." Finaliza Caçula.

Segue abaixo os requerimentos realizado pelo Vereador Caçula.
Foto: Reprodução


Foto: Reprodução


Foto: Reprodução



Fonte: Helson Barbosa Caçula   



Está matéria é em oferecimento.



Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução


Projeto de Lei número 80 de autoria do vereador Arcilon de Sousa Filho, determina a instação de placas de energia solar nos prédios públicos municipais...


Na última sessão da Câmara Municipal de Catalão, um dos projetos que chamou a atenção, foi o de instalação em prédios público como:
  • Escolas; 
  • Creches; 
  • UBSs; 
  • UPA; 
  • Materno Infântil; 
  • Biblioteca Digital; 
  • Enfim todos prédios Municipais.



Além de estarmos contribuindo para a sustentabilidade, vamos economizar e muito com o gasto com energia elétrica. Economia do dinheiro público, visando investimentos na saúde, educação, infraestrutura e etc.


"Enfim adequar aos novos tempos em uma nova matriz energética." Completa Sousa Filho.
O vereador lembrou das vitimas pelo novo CoronaVírus, que chegamos a 23 óbitos, que não pode virar somente estatística de uma Pandemia, são família e famílias dilaceradas em meio essa doença.


"Mais de vinte óbitos por Covid em Catalão. Não são apenas números. Cinco meses após o primeiro Decreto do Prefeito Adib Elias, de idas e vindas, de bate cabeça e falta de planejamento da atual administração, o povo ainda não tem um hospital de campanha como foi prometido. Cobrei na sessão de ontem um memorial às vítimas do Covid-19 de Catalão. Defendi que aquele monumento (Obelisco) do relógio que foi construído em plena pandemia na Praça Getúlio Vargas, deve ser entregue como uma homenagem à memória das vítimas do Covid de Catalão." Enfatizou o vereador.


E para finalizar a sua fala, Saiu filho relembrou da promessa que o prefeito fez em campanha (2016), de acabar com a taxa básica de Água.


"A Taxa Básica de Água, essa cobrança vem todo mês na conta da sAE para toda população pagar. O atual Prefeito adib Elias 'Prometeu' em campanha eleitoral que iria acabar com essa 'taxa' no primeiro mês de administração e não cumpriu, até hoje (04), nada. Apresentei um projeto para acabar com essa cobrança e acreditem que teve gente votando contra pra agradar o coronel Adid. Finaliza Sousa Filho.


segue o projeto para implementação de placas solar nos prédios públicos.

 Foto: Reprodução 

 Foto: Reprodução 






Está matéria é em oferecimento.




Folha de Catalão - a notícia de forma direta


Foto: Reprodução


Cantora, faz primeira selfie grávida e conta por que adiou planos de engravidar...

Simone, da dupla com Simaria, publicou vídeos no Instagram Stories nesta terça-feira (4) para falar sobre a segunda gravidez.

A cantora de 36 anos de idade, que espera mais um filho com Kaká Diniz, disse seus medos de enfrentar mais uma gestação, após ganhar 20 quilos ao ter Henry, 6.
"Primeira selfie da mamãe de segunda viagem!", 
escreveu Simone ao publicar uma foto mostrando a barriguinha.

"Vim falar com vocês sobre essa notícia maravilhosa. Eu fiquei sabendo há umas três semanas. Por que eu não contei antes? É muito recente, ficamos na esperança, tem que fazer exames, ir no médico. Inclusive, hoje eu tenho consulta", disse a cantora, que anunciou a gravidez nas redes sociais.
Foto: Reprodução

"Ao longo da minha gestação, vou compartilhar tudo com vocês no YouTube. Quero agradecer todas as mensagens de carinho, meu celular estourou de mensagens! Tudo foi muito forte. Estou me sentindo muito amada pelo Brasil inteiro. A gente ainda não sabe o sexo do bebê, mas vou compartilhar com vocês, tudo o que acontecer! Vocês estão comigo faz tempo! Agora que sou mãe de dois, vamos estar colados até o sapato", brincou Simone.
Foto: Reprodução

"Meu marido, meu filho, queríamos muito um bebê. Henry tem 6 anos, eu fiquei protelando, segurei muito. Segurei por conta do meu peso, vivo em uma luta constante contra a balança. Acho maravilhoso todas as mulheres que gostam de se olhar no espelho e são felizes como são. Eu sou cheinha, mas vivo brigando com a balança. Tinha medo de engravidar por conta disso. Fora que na gestação do Henry, eu trabalhei muito até o último mês, tive muito enjoo, azia, eu engordei 20 quilos. Descia da cama me arrastando, foi uma gestação bem difícil. Eu falava que não ia engravidar para não passar por isso de novo."

Fonte: Revista Quem



Está matéria é em oferecimento



Folha de Catalão - A notícia de forma direta


Foto: Reprodução

Fernanda Pires de Sousa, de 26 anos, recebeu homenagens do prefeito e de colegas por meio das redes sociais...


A enfermeira Fernanda Pires de Sousa, de 26 anos, morreu nesta terça-feira (4) em decorrência do coronavírus em Caldas Novas, no sul do estado. 

De acordo com o prefeito Evandro Magal (PP), a jovem trabalhava no Hospital e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, unidade da rede particular, onde também ficou internada para tratamento da Covid-19. 

O G1 tentou contato entre 15h30 e 15h40, por telefone, com o Hospital Nossa Senhora Aparecida, mas as ligações não foram atendidas até a última atualização desta reportagem. 

Foto: Reprodução

Fernanda ficou 12 dias internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Nas redes sociais, o prefeito de Caldas Novas lamentou a morte. 
"Quando eu digo que essa doença é terrível, eu não estou brincando. Não podemos desacreditar deste mal.(...) O vírus não escolhe. Ele é terrível. Estou muito triste. Uma jovem, com toda vida pela frente, sonhos e planos interrompidos por este mal”, disse em um trecho da mensagem. 

Amigos da enfermeira, que se formou pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), também deixaram mensagens de carinho e luto. 
“Luto por uma amiga guerreira, que lutou bravamente contra este vírus (...) Muito triste uma despedida muito precoce desta vida. Você gostava muito de ajudar e servir bem as pessoas. Alegre, dedicada e sempre sorridente. É esta lembrança que vai ficar em minha memória para sempre”, disse uma colega.


Fonte: G1 Goiás



Está matéria é em oferecimento.



Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Foto: Reprodução


Benefício é pago pelo governo federal à pessoas em situação de vulnerabilidade social e desempregadas. O decreto que regulamentou o pagamento proíbe em qualquer circunstância o recebimento de valor por agente público, seja efetivo ou temporário...


O cruzamento de informações de servidores municipais com o banco de dados do governo federal revelou que quatro conselheiras tutelares de Anápolis, a 55 km de Goiânia, são suspeitas de receber valores referentes ao auxílio emergencial. 

O benefício é pago à pessoas em situação de vulnerabilidade social e desempregada, situações distintas das servidoras do município. O decreto que regulamentou o pagamento do benefício veda em qualquer circunstância o recebimento destes valores por agentes públicos, seja efetivo ou temporário. 
Duas conselheiras, Mardila Almeida e Célia Dias, confirmaram o recebimento e alegaram em nota que estavam desempregadas quando solicitaram o benefício ao governo federal e ainda não haviam tomado posse no cargo, mas que vão devolver os valores recebidos (leia as notas abaixo). 

As outras duas conselheiras não foram localizadas pela reportagem. O Conselho Tutelar, por sua vez, afirmou em nota não ter 
"conhecimento dos fatos até a presente data e as conselheiras citadas já foram avisadas do pedido de resposta para que se posicionem diretamente".

Foto: Reprodução

Notas de defesa dos envolvidos 

Mardila Almeida 

Em resposta a essa denúncia, venho por meio deste esclarecer que devido ter ganho a eleição em 2019 e previsto para tomar posse em janeiro, o que fomos impedidos de tomar posse. E como foi muito desgastante todo esse processo, estava desempregada e tenho duas filhas para cuidar. Realmente fiz o cadastro do auxílio emergência, pois a minha situação financeira era crítica e passando por dificuldades, mas conseguimos tomar posse no cargo de Conselheira Tutelar, e quando o auxílio emergencial foi liberado, eu não fiz uso dele e aguardei para fazer a devolução. Logo quando saiu a opção para fazer a devolução, foi o que eu fiz, fiz a devolução. Então o que saiu, não procede. Pois eu não fiz o uso do auxílio. 

Célia Beatriz Dias dos Santos 

Em razão da possibilidade da anulação da referida eleição e com a possibilidade real de ficar desprovida de minha remuneração mensal como conselheira, fato que também afetou os demais conselheiros eleitos naquele certame, efetuei o pedido de concessão do benefício do Auxílio Emergencial em 01/03/2020, como forma de garantir uma renda em caso de ficar desempregada. Assim, saliento que não houve má-fé da minha parte no referido pedido e que procederei com a devolução dos valores recebidos, mesmo que ainda pendente de solução definitiva quanto ao processo anulatório supracitado, através do link disponibilizado no Ministério da Cidadania.


Fonte: G1 Goiás



Está matéria é em oferecimento.




Folha de Catalão - A notícia de forma direta


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget