https://imgur.com/ZIwdItP.gif

★ AUXILIO EMERGENCIAL - Mais 5,1 milhões recebem parcelas do auxílio nesta quinta-feira


Foto: (Reprodução) /Auxílio é pago por meio de conta digital e movimentado por aplicativo CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

São 3,5 milhões nascidos em novembro com direito ao depósito da 1ª à 5ª parcela de R$ 600 e da extra de R$ 300, além do grupo do Bolsa Família...


Mais 5,1 milhões recebem nesta quinta-feira (29) parcelas do auxílio emergencial.  


Entre os beneficiados estão 3,5 milhões nascidos em novembro, do ciclo 3 do calendário, sendo 1,3 milhão com depósito da 1ª à 5ª parcela de R$ 600 e 2,3 milhões com a extra de R$ 300.


Outros 1,6 milhão de pessoas que fazem parte do Bolsa Família com NIS final 9 recebem a segunda parcela do auxílio emergencial extra, de R$ 300. O pagamento para o esse grupo segue até o dia 30, para os que têm o NIS final 0.  


Para o grupo do ciclo 3, o valor é depositado conta poupança digital e o saque liberado apenas em 5 de dezembro. Mas o valor poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem, que permite fazer compras, pagar boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.


No domingo (1º), a Caixa concluirá os depósitos do benefício para o ciclo 3 de pagamento, com 3,5 milhões nascidos em dezembro. O calendário de saque para esse grupo começa em 7 de novembro.


O auxílio emergencial de R$ 600 começou a ser pago em abril, como medida para conter os efeitos econômicos da pandemia de coronavírus. Inicialmente, estava previstas três parcelas, mas o governo prorrogou a medida e o benefício vigorou por cinco meses.  


Em setembro, o governo publicou a MP 1.000, garantindo mais quatro parcelas do auxílio residual ou extensão no valor de R$ 300. Mas nem todos que receberam os R$ 600 vão ganhar as quatro parcelas de R$ 300. O número de parcelas depende de quando o beneficiário entrou no programa.  


Pelas novas regras, a declaração do Imposto de Renda 2020 passou a ser critério de exclusão para quem teve rendimentos superiores a R$ 28.559,70 em 2019 ou bens e direitos de valor superior a R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2019. 


Quem mora no exterior ou presos em regime fechado também foram excluídos do pagamento.







Foto: (Reprodução)



Fonte: R7 Notícias   


Esta matéria é em oferecimento de:


FOLHA DE CATALÃO - A NOTÍCIA DE FORMA DIRETA

Tags
Reações

Postar um comentário

[blogger]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget