https://imgur.com/ZIwdItP.gif

★ MISSÃO LIBANO - Bolsonaro se despede de delegação, com Temer e Skaf, que vai ao Líbano

Foto: Reprodução /Temer é um dos integrantes da missão ao Líbano Van Campos/ O Fotógrafico/ Estadão Conteúdo - 12.08.2020


Aeronaves da FAB levam seis toneladas de carga, com medicamentos e alimentos, a Beirute, capital do país, atingida por explosões no dia 4...

O presidente Jair Bolsonaro participou na manhã desta quarta-feira (12) da solenidade de despedida da delegação que vai ao Líbano levar a ajuda humanitária brasileira ao país vítima de uma explosão no dia 4 de agosto que destruiu boa parte da capital, Beirute. O grupo será comandado pelo ex-presidente Michel Temer e terá também a presença do presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).  

Bolsonaro, em seu discurso, fez questão de destacar duas vezes  que a maior parte dos mantimentos enviados pelas duas aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) são doações da comunidade libanesa no Brasil, da qual fazem parte Temer e Skaf.  

"Skaf, você também é o imediato da missão e não tinha ninguém melhor do que você para assessorar nosso querido Michel Temer", afirmou Bolsonaro.

Segundo o presidente, os dois países têm em comum não abrirem mão de democracia e liberdade. 
"Os 12 milhões de descendentes libaneses que estão no Brasil contribuem em muito pra nossa pátria, trabalhando, se integrando e colaborando nas mais diversas áreas para  que o Brasil realmente atinja o local de destaque que ele merece no cenário mundial."   

Bolsonaro falou ainda que 
"onde um ser humano precisar de ajuda do Brasil, nós faremos para atendê-lo no que for possível".

Pouco antes de Bolsonaro, Temer disse que ficou surpreso com o convite feito pelo atual presidente no sábado (8). 
"Falo em nome da comunidade libanesa no Brasil. Quero, com muita emoção, dizer que estou agradecendo em nome dos meus pais. Eles já faleceram há algum tempo, mas do plano espiritual estão acompanhando essa solenidade e aplaudindo o que Vossa Excelência e o governo estão fazendo pelo Líbano."  
Temer contou ser da 
"primeiríssima geração de libaneses" no país. 
"Meus pais casaram-se no Líbano, tiveram os três primeiros filhos lá e aqui tiveram mais cinco, eu sou o último deles. E veja a carreira que pude fazer no nosso país, o que revela a grandeza do Brasil e do seu povo, que é capaz de acolher os estrangeiros."  

A delegação 

De acordo com nota enviada pelo Ministério da Defesa, a delegação utiliza as aeronaves KC-390 Millennium e Embraer 190 (VC-2), da FAB.   

Serão enviados para o Líbano, no KC-390, 
"em resposta às devastadoras explosões que atingiram o porto de Beirute, no dia 4 de agosto", 
6 toneladas de carga, que inclui medicamentos, alimentos e equipamentos de saúde, doados pelo Ministério da Saúde e pela comunidade libanesa no Brasil. 

A aeronave da Embraer transportará a comitiva com 13 pessoas da missão ao Líbano, chefiada pelo ex-presidente da República Michel Temer, convidado por Bolsonaro.  

A comitiva, segundo o ministério, é integrada por senadores, autoridades federais e representantes da comunidade libanesa no Brasil, e também especialistas em assistência humanitária.  

As duas aeronaves embarcam da Base Aérea de São Paulo (BASP) na tarde desta quarta-feira rumo a Fortaleza (CE). Na sequência, seguem para a Ilha do Sal e prosseguem para Valência, Espanha. Após essas paradas, decolam rumo a Beirute, com chegada prevista para a tarde da quinta-feira (13). No total, cada aeronave fará cerca de 30 horas de voo, diz a nota.


Fonte: R7 Notícias



Está matéria é em oferecimento:




Folha de Catalão - A notícia de forma direta

Tags
Reações

Postar um comentário

[blogger]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget