https://imgur.com/ZIwdItP.gif

★ JATAÍ-GO - Vereador é filmado em 'arraiá' com várias pessoas: 'Viva o coronavírus'

Foto: Reprodução - Vereador de Jataí dança quadrilha e 'celebra' o coronavírus /TV ANHANGUERA


O político entra no meio da roda de um grupo dançando quadrilha e todos celebram juntos. Nenhuma das pessoas que aparecem na gravação usava máscara. Por nota, Thiago Maggioni pede desculpas 'àqueles que se ofenderam pela brincadeira'...



O vereador Thiago Maggioni (PSDB), de Jataí, no sudoeste goiano, aparece em uma gravação narrando uma dança de quadrilha durante uma festa junina. Na gravação é possível ouvir quando ele diz: 
“Viva o coronavírus.” 
Nenhuma das pessoas que aparecem na gravação usava máscara. 

Por meio de nota, o parlamentar disse que foi uma brincadeira, mas pede desculpas 
“àqueles que se ofenderam”
 (leia a nota na íntegra ao final do texto). 

Segundo o político, a festa foi em uma fazenda em Serranópolis, que faz divisa com Jataí, também no sudoeste de Goiás. A celebração ocorreu no último final de semana, nos dias 4 e 5 de julho. 

A gravação mostra várias pessoas vestidas com roupas usadas tradicionalmente em festas juninas, todas de mãos dadas. Elas formavam um círculo e se uniam ao comando do vereador. 
“Viva essa ‘muiézada’! Viva o coronavírus, meu povo!”, 
ovaciona o político enquanto ainda não aparecia na imagem. Em seguida, ele entra no meio da roda e diz: 
“Viva o Thiago! Pode vir, pode vir!”.
Serranópolis proíbe eventos 

O decreto mais recente publicado pela prefeitura de Serranópolis prevê multa de R$ 1,5 mil ao responsável pelo imóvel que abrigar qualquer tipo de evento com aglomeração de pessoas. 


  • O uso da máscara também é obrigatório no município, sob pena de multa de R$ 150 a quem não estiver com o acessório fora de casa. 
  • Caso o item de proteção esteja no pescoço, bolso ou mão, a multa deve ser de R$ 250. 


Fazendo valer as normas previstas no documento, a prefeitura informou que deve multar o vereador e os demais envolvidos que tenham desrespeitado alguma das normas do decreto.

Medidas contra o coronavírus em Jataí 

Na cidade de Jataí, onde o vereador cumpre seu segundo mandato, também foi determinado, por meio de decreto, multa de R$ 5 mil para que for flagrado organizando festas ou promovendo aglomeração. O valor pode ser dobrado em caso de reincidência. 

O documento também prevê multa de R$ 200 para quem for flagrado sem máscara, cujo uso é obrigatório.

Ao G1, a Câmara de Vereadores de Jataí informou, em nota, na tarde desta quinta-feira, que 
"trata-se de um episódio de natureza pessoal, cabendo ao parlamentar em questão manifestar-se a respeito". 
Afirmou ainda que, 
"caso seja aberto eventual processo ético-disciplinar, respeitando-se todos os princípios constitucionais, o plenário se manifestará oficialmente"
 (veja a nota na íntegra ao final). 

Casos de coronavírus 

Jataí tem mais de 400 casos confirmados da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A cidade é próxima a Rio Verde, que tem o segundo maior número de pessoas infectadas no estado: mais de 4 mil. 

Já Serranópolis, que também faz divisa com Jataí, tem dois casos. Os dados são do boletim da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) divulgados na quinta-feira (9), os mais recentes até a publicação desta reportagem.

Dança de quadrilha em festa junina em que vereador disse ter participado em Serranópolis Goiás — Foto: Reprodução TV Anhanguera

Veja a nota do vereador na íntegra: 

Realmente participei de uma festa em uma propriedade rural próxima a Serranópolis. Na ocasião fui convidado para narrar a dança da quadrilha. Dança essa em que são feitas inúmeras brincadeiras, tais como os tradicionais gritos de “olha a cobra!" e "é mentira!". Foi então que "saudei" o coronavírus. 
Não acredito que ofendi ninguém, porém, mesmo não concordando com o fechamento do comércio, mesmo sempre ajudando a saúde de Jataí, inclusive financeiramente, quero me desculpar com aqueles que se ofenderam pela brincadeira. 
Thiago Maggioni Vereador 


Nota da Câmara de Vereadores de Jataí: 

"Em virtude de um vídeo que está circulando pelas redes sociais, que envolve um vereador jataiense, trata-se de um episódio de natureza pessoal, cabendo ao parlamentar em questão manifestar-se a respeito. Caso seja aberto eventual processo ético-disciplinar, respeitando-se todos os princípios constitucionais, o plenário se manifestará oficialmente. De qualquer forma, discordo de todo tipo de comportamento que coloque vidas em risco, especialmente em um momento em que o mundo sofre com uma pandemia tão letal. A situação exige de todos nós os cuidados necessários para evitar a proliferação do novo coronavírus".

Decreto exige o uso de máscara facial em Serranópolis, Goiás — Foto: Reprodução/Prefeitura de Serranópolis


Fonte: G1 Goiás
Reações

Postar um comentário

[blogger]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget